01 fevereiro 2007

Neuras à distância

Tou ca neura...
Tenho tentado ajudar alguém que não consegue deixar-se ser ajudado.
A situação também não ajuda.
Tento alegrar, fazer sorrir, virtualmente abraçar... mas não consigo.
Por mais palavras que deixe sair, por mais vontade que tenha de no mundo dele entrar... não consigo.
Queria estar lá mas estou aqui e sinto-me impotente.
Tou ca neura... por ver alguém de quem eu gosto com a neura e não conseguir ajudar.

5 comentários:

inixion disse...

é.. inevitavelmente...ficamos assim tb..

gaZpar disse...

São como um vírus... são contagiosas!

Preciouzzz disse...

é horrível...

adamantium disse...

Quer-me parecer que foste atingindo pelo flagelo da "virtual impotência"... sejamos práticos, é impossível "tocar" à distância.
Até eu tenho sentimentos (muito de vez em quando) e também padeço desse mal. Dói!
Abracinhos virtuais, mas apertadinhos :-)

gaZpar disse...

Pois... de facto nada como um abraço real.
Abraços virtuais são tipo as aspirinas: proporcionam alívio rápido mas não duradouro...

abraços virtuais (que espero um dia serem mais reais) ;)